Sobre Nós...

Somos uma ferramenta para comparar planos de internet, celular, TV e telefone fixo. Utilize nosso comparador, encontre o plano ideal para você e sua família e economize tempo e dinheiro.

5 dicas para não cair em novo golpe do WhatsApp

O Whatsapp é um dos aplicativos mais utilizados do mundo, afinal com ele podemos nos comunicar facilmente sem a necessidade de gastos com ligação, porém é preciso ter atenção as pessoas que utilizam a ferramenta de forma nada bacana.

É muito comum que as pessoas caiam em golpes do WhatsApp ou que tenham seu aplicativo clonado por invasores que usam de muitas estratégias para entrar em suas contas.

Um dos processos que os bandidos mais utilizam é invadir as contas das vítimas se passando pelo próprio usuário de modo a pedir dinheiro para amigos e familiares. Para isso, os fraudadores fazem uso do código de ativação do WhatsApp que é enviado ao smartphone do usuário via SMS. 

Outra estratégia usada para que você caia em golpes do WhatsApp é roubar seus dados em sites, fazendo uso de nomes conhecidos, ou até mesmo clonar por meio de operadoras de telefonia. 

Ainda podem usar aplicativos espiões, que são chamados como stalkerwares, para espelhar o bate-papo dos usuários. Para te ajudar nessa questão, separamos cinco dicas que vão te proteger contra golpes do WhatsApp. 

Encontre e compare planos de internet e celular aqui!

1. Se proteja contra roubo de dados em sites

golpes do whatsapp

Quando o usuário acessa sites de vendas, os bandidos se passam por representantes de loja para entrar em contato com a vítima. 

Na sequência, pedem para que o usuário entre em um código enviado para por SMS. 

Ao fazer isso, os golpistas fazem login no aplicativo de WhatsApp usando outro celular. 

A vítima acaba recebendo uma mensagem pedindo a validação, que repassa para os fraudadores e a partir daí conseguem acesso a todas às duas conversas no mensageiro. 

Com isso, os golpistas vão à ação pedindo quantias em depósitos de contas de terceiros.

O que se pede é que os usuários prestem bastante atenção quanto a contatos que são recebidos em nome de empresas e, se tratando de uma prática que não necessita de programas fraudulentos, os internautas devem desconfiar desse tipo de procedimento. 

2. Fique atento a golpes do WhatsApp que usam nomes de famosos

Neste golpe, os fraudadores entram em contato com a vítima passando-se por algum organizador de eventos e oferecem, em nome de personalidades famosas, ingressos gratuitos. 

Eles prosseguem pedindo que você repasse o código no qual contém a numeração para fazer login no aplicativo. Com o número em mãos, conseguem facilmente acesso às suas conversas. 

Com o WhatsApp clonado, os golpistas conseguem ativar a verificação em mais de uma conta, essa prática impede que o dono consiga recuperar a conta. 

3. Proteja-se contra aplicativos espiões 

Esses aplicativos de espionagem conseguem monitorar qualquer atividade que acontece no seu celular. 

Para golpes do WhatsApp, os bandidos acessam sua conta do mensageiro e conseguem mandar mensagens para seus contatos com objetivo de invadir sua privacidade. 

Ainda podem fazer uso de chantagens com mensagens íntimas, no qual os autores podem ser golpistas ou até parceiros amorosos controladores e ciumentos.

Essa prática fraudulenta é um pouco menos comum, já que tem necessidade de o WhatsApp ser instalado de maneira manual via leitura de QR Code, no qual é bem semelhante à reprodução do aplicativo no WhatsApp Web. 

Essa estratégia demanda que os fraudadores tenham o smartphone em mãos. Diante disso, é recomendado que o usuário tenha bastante cuidado em possíveis distrações ao entregar os aparelhos desbloqueados para terceiros. 

4. Fique atento a clonagem de chip

Essa prática depende da clonagem do aplicativo para pedir dinheiro de amigos e parentes das vítimas. 

Os golpistas entram em contato com as centrais telefônicas após comprarem chips novos se passando pelas próprias vítimas, com o intuito de recuperar um número roubado ou supostamente perdido. 

Até mesmo com a solicitação dos call centers por dados pessoais como RG, CPF, endereço, alguns bandidos conseguem ultrapassar essa camada de segurança, como consequência, ativando o número no chip novo. 

A partir daí começa a ação de mandar mensagens extorquistas. 

golpes do whatsapp

5. Como se proteger para não cair em golpes do WhatsApp?

A maneira mais efetiva para que você não caia em golpes do WhatsApp e que o aplicativo não seja clonado é que você faça a verificação em etapas, no qual você consegue criar um outro código numérico que seja pedido no momento do login do WhatsApp. 

Se terceiros conseguirem acessar a validação que é enviado via SMS, ele vai precisar também acrescentar o número do PIN criado por você. 

Essa prática dificulta a tentativa de invasão de privacidade, ainda mais por necessitar de um código que só você sabe. 

Para você conseguir ativar essa verificação em dois procedimentos, acesse os Ajustes do WhatsApp. 

Logo depois vá até “contas” e selecione a opção “ativar”. A partir daí faça a criação do PIN e acrescente um email que é enviado para a recuperação da senha caso você perca. 

Agora que você já sabe às cinco dicas mais valiosas para não cair em golpes do WhatsApp, avise seus familiares e amigos para ficarem atentos também e evite futuras “dores de cabeça”. 

DEIXE UMA RESPOSTA